Faixa atual

Título

Artista


Ex-aluno da UFV de Rio Paranaíba é ordenado padre em Cuiabá

Escrito porem 11 de maio de 2020

Um ex-estudante do curso de química do campus da Universidade Federal de Viçosa em Rio Paranaíba se ordenou sacerdote neste fim de semana em Cuiabá – MT. Padre Marcos Tainan iniciou sua caminhada vocacional servindo à Igreja como acólito e ao chegar em 2011 para estudar na UFV não demorou para continua sua caminhada espiritual.

Padre Wesley Roberto Balbino era pároco de Rio Paranaíba na época e como diretor espiritual ajudou o jovem a discernir sua vocação à vida consagrada. Não demorou muito para que o então estudante Tainan se ingressasse no seminário na Arquidiocese de Cuiabá. Ali foram anos felizes e de muito estudo até se ordenar diácono da Igreja junto com outros irmãos de caminhada.

Em meio à pandemia do novo coronavírus, sua ordenação foi mantida e foi transmitida ao vivo pelo YouTube. Junto com neo-sacerdote, também ordenaram mais sete padres e dois diáconos que estarão à disposição da Igreja a partir de agora. Em solene celebração eucarística aconteceu na Catedral Basílica do Senhor Jesus da Arquidiocese de Cuiabá.

Em sua página oficial, a Pastoral Universitária da UFV de Rio Paranaíba prestou homenagem ao amigo e agora Padre Marcos Tainan. No texto divulgado, lamentam o fato de que a pastoral não mais existir, mas ressaltam que o sacerdote é fruto do trabalho desenvolvido por todos os participantes da pastoral.

“No coração de cada um que passou pela pastoral e conheceu o Tainan, é sentimento de dever cumprido, e de que a pastoral, fez pessoas retornarem pra Deus, discernirem suas vocações e buscarem serem santos”, ressalta o texto.

Nossa reportagem entrou em contato com o Pe. Wesley Balbino na manhã desta segunda-feira (11) e ele deixou uma mensagem para o neo-sacerdote, confira a mensagem abaixo:

Pe. Marcos Tainan,

Papa Francisco nos ensinou: “Nenhuma vocação nasce por si, nem vive para si. A vocação brota do coração de Deus e germina na terra boa do povo fiel, na experiência do amor fraterno”. Disponhamos, pois, o nosso coração para que seja ‘boa terra’ a fim de ouvir, acolher e viver a Palavra e, assim, dar fruto.

O padre é padre por aquilo que é e não por aquilo que faz. O padre é padre para sempre. Deus dá a graça do sacerdócio, mas não tira do padre a sua humanidade, a sua fragilidade e nem a sua liberdade. O padre é um sinal de Deus no mundo. O padre é Deus, só de Deus, e para Deus, para sempre. O padre é todo de Deus, no seu corpo, na sua mente e no seu coração. Ele é consagrado a Deus, para sempre, por amor eterno, numa resposta de amor ao Amor de Deus, que o escolheu e que o chamou para o sacerdócio. 

 Deus lhe conceda a graça da perseverança e da fidelidade de amar até o fim. Eu lhe digo vale a pena se comprometer com Jesus Cristo e a Sua Igreja.

Pe. Wesley Roberto Balbino

Para acompanhar a solene celebração eucarística de ordenação, clique aqui!

Texto: Gilberto Martins