Polícia Civil de Rio Paranaíba encerra três investigações de roubos e furtos à fazendas da região

Escrito porem 5 de agosto de 2020

Nos dois últimos meses a Delegacia da Polícia Civil em Rio Paranaíba, sob o comando do delegado Dr. Felipe Augusto Miranda Façanha, concluiu três investigações de furto e roubo nas fazendas da região. De acordo com as informações, o primeiro caso aconteceu no último dia 26 de junho quando policiais militares encontraram um caminhão numa estrada vicinal e uma caçamba carregada de café.

Após diligências, foi constatado que a caçamba carregada de café teria sido furtada em uma data anterior. Com isso, foi iniciada uma intensa investigação, onde apurou-se que os envolvidos teriam furtado uma caçamba de café de uma das vítimas e descarregado em um terreno dos receptadores.

Com isso, após esse fato, os investigados foram até uma outra fazenda e teriam descarregado a caçamba furtada e furtado uma nova caçamba carregada de outra vítima. Segundo as informações, ao retornaram para o local da descarga, onde os receptadores já aguardam o veículo utilizado na ação criminosa, não conseguiram subir o aclive e acabou estragando. De acordo com o Dr. Felipe Façanha, neste caso, as três pessoas foram indiciadas por crimes como furto qualificado e receptação.

Já no dia 24 de maio, a Polícia Militar teria recebido uma chamada de um fazendeiro, informando que percebeu uma movimentação estranha no interior da fazenda pelas câmeras de vigilância e que pessoas suspeitas estariam colocando defensivos agrícolas em um caminhão. De imediato, os militares deslocaram para o local indicado e durante um cerco, vários suspeitos fugiram adentraram em uma plantação de abacates, sendo apenas uma pessoa presa.

A carga de agrotóxicos não foi levada pelos criminosos em razão da rápida atuação da Polícia Militar. A Delegacia da Polícia Civil instaurou investigação e foram identificados outros participantes e a forma como atuaram. Conforme as informações, cinco pessoas acabaram sendo indiciadas por roubo qualificado e outros bens como celulares das vítimas foram recuperados.

A terceira investigação ocorreu após um caminhoneiro ter sido sequestrado por criminosos em uma estrada vicinal de Rio Paranaíba, enquanto deslocava para uma cooperativa com o caminhão carregado com aproximadamente 19 toneladas de café cru a granel. O fato aconteceu no dia 09 de julho, por volta das 16h, segundo as informações.

Os assaltantes teriam transitado com a vítima por cerca de uma hora e meia até chegaram em um barracão na cidade de Carmo do Paranaíba, onde com o auxílio de outras pessoas, teriam descarregado a carga de café. Após descarga, os dois criminosos teriam transitado com a vítima por mais uma hora e meia até chegarem em um posto de gasolina, quando abandonaram a vítima e o caminhão.

Com intensos trabalhos de investigações, dois assaltantes foram encontrados, bem como os receptadores. Dessa forma, três pessoas foram indiciadas por crimes como roubo majorado e receptação. A carga também foi encontrada e recuperada.

Segundo o delegado de Rio Paranaíba, para apurar esses crimes, mais de 30 pessoas foram ouvidas e mais de 20 perícias foram requisitadas e realizadas pela Polícia Civil. Além disso, outras diversas técnicas investigativas foram empregadas para apurar os fatos. Os três inquéritos já foram encaminhados à justiça.

Texto: Gilberto Martins


Faixa atual

Título

Artista