• Sem categoria

Ladrões atiram em vítimas de Carmo do Paranaíba durante assalto a fazenda no município de Rio Paranaíba

Escrito porem 6 de setembro de 2019

Uma fazenda no município de Rio Paranaíba foi invadida por ladrões na noite deste domingo (03/02). O roubo acorreu por volta das 21h20, quando as vítimas que moram no local ouviram os cachorros latindo do lado de fora da casa. Assim que abriu a porta, uma moradora deparou com um indivíduo vestido com roupas pretas e com capuz na cabeça, já encostado na parede. Neste momento, o bandido empurrou-a para dentro da residência, e entraram outros quatro indivíduos. Todos estavam encapuzados e dois dos autores portavam armas de fogo, sendo possivelmente um revolver calibre 22 e outro calibre 38. Os outros invasores estavam segurando pedaços de madeira.

Segundo uma das vítimas quando notou a ação dos bandidos, se apoderou de uma espingarda de chumbinho e atirou contra um dos autores, acreditando que o tenha atingido na altura do peito. Ele notou que o indivíduo era de cor branca, sendo que este tinha aparência de ser mais novo que os demais. Mas neste momento os autores que estavam com as arma de fogo dispararam em sua direção, porem não o atingiram, mas conseguiram retirar lhe tomar a espingarda.

Ainda de acordo com o relato das vítimas, os autores passaram a agredir os dois homens de nomes Ricardo e Muller, que estavam na casa, enquanto revirava a residência a procura de dinheiro e objetos de valor. Em seguida eles levaram os moradores para um cômodo onde a família usa para guardar ferramentas, e os trancaram no local com um cadeado, sendo que os autores ainda ficaram no local até por volta das 23h00.

As vítimas contaram que só por volta das 04h50 da manhã, foi que conseguiram forçar a porta para saírem do cômodo, onde estavam trancados. Elas encontraram um aparelho celular caído atrás da casa e fizeram contato com o proprietário da fazenda, conhecido como (Vandinho da Prosolo) para pedir ajuda. Os moradores notaram também que havia sido levado da casa dois aparelhos celulares e a espingarda de chumbinho. A vítima Muller estava reclamando de fortes dores no antebraço direito. O homem foi até o hospital de Rio Paranaíba, onde foi constatado um trinco no osso, tendo o medico de plantão engessado o braço da vitima, que foi liberada logo em seguida.

As vitimas relataram que ainda notaram que os autores cortaram um cabo de vela de uma motocicleta que estava nos fundos da residência. Os militares realizaram contato com o perito de plantão Marcelo Ferreira que compareceu ao local do fato e realizou os trabalhos de praxe recolhendo dois projeteis provavelmente calibre 38, que seriam provenientes dos disparos efetuados pelos bandidos contra as vítimas.

Fonte: Tô na Mídia CP


Opiniões dos leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.



continue lendo

Faixa atual

Título

Artista