MOTORISTA MORRE APÓS CAMINHÃO CARREGADO DE GÁS TOMBAR NA CURVA DO BELVEDERE EM RIO PARANAÍBA

Escrito por em 20 de setembro de 2019

A retirada dos radares da curva do Belvedere na BR 354 em Rio Paranaíba já mostrou o resultado negativo e já fez a primeira vítima fatal na manhã desta sexta-feira (20). O caminhoneiro Gilderlan Queiroz de Carvalho de 38 anos veio a óbito após seu caminhão carregado com vasilhames de gás tombar na KM 301.

De acordo com as primeiras informações da Polícia Militar Rodoviária que está no local do acidente neste momento, o caminhoneiro estava indo de Três Corações a Itinga no Maranhão, quando perdeu o controle direcional na chamada curva da morte e tombou fora da pista. O motorista ficou preso às ferragens e não resistiu aos ferimentos.

Ainda segundo a Polícia, a maior parte da carga ficou dentro da gaiola do caminhão. O Corpo de Bombeiros é aguardado no local para retirar a vítima das ferragens. Como nossa reportagem já vem noticiando, diversas pessoas foram contra a retirada dos radares fixos da BR 354, principalmente da curva do Belvedere em Rio Paranaíba, onde se tinha um grande índice de acidentes.

A notícia da retira revoltou a população de Rio Paranaíba e região que lutaram muito para que os radares fossem instalados no local, uma vez que diversas pessoas, assim como Gilderlan, perderam suas vidas no local.

Texto: Gilberto Martins


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



Música

No Ar

Artista