• Sem categoria

Novas diretorias da Amapar e Cispar tomam posse para a gestão 2020

Escrito porem 27 de maio de 2018

Prefeitos da região se reuniram na manhã desta sexta-feira (17), durante a solenidade de posse das novas diretorias da AMAPAR e do CISPAR. A gestão é para o ano de 2020 e terá como presidentes, o prefeito de Presidente Olegário, João Carlos Castilho, e o prefeito de Guimarânia, Adílio Alex dos Reis, respectivamente.

Encerrando seu mandato, o prefeito de Rio Paranaíba, Valdemir Diógenes fez uma avaliação da sua gestão e agradeceu o apoio de prefeitos e servidores da AMAPAR e CISPAR. No ano de 2019, a Amapar teve como destaque a adesão de sete municípios ao Licenciamento Ambiental Municipal, realizado em parceria com o UNIPAM, beneficiando empreendimentos da região com a análise e liberação de processos com mais agilidade e facilidade para os empreendedores.

A Associação promoveu ainda, no último ano, uma série de cursos de capacitação para servidores, especialmente na área de educação, consolidando um grande grupo de trabalho, com o objetivo de promover a formação continuada de educadores e discutir demandas e desafios de forma coletiva, proporcionando uma melhor gestão dos recursos e uma melhor prestação de serviço à comunidade do Alto Paranaíba.

A gestão de Valdemir Diógenes se destacou pela organização financeira da Amapar, visto as dificuldades enfrentadas pelos municípios nos últimos anos, devido ao atraso nos repasses de recursos do Governo do Estado, que deixou prefeituras mineiras em grave situação financeira. “Tenho certeza que o Senhor João Castilho vai dar continuidade a esse trabalho, muito melhor que eu fiz. Queria agradecer também aos demais presidentes que passaram por aqui e fizeram também um excelente trabalho”, comentou o ex-presidente Valdemir Diógenes.

O novo presidente da Amapar, João Carlo Castilho, iniciou a sua gestão comentando os desafios dos municípios em cumprir uma série de determinações, dentre elas, o pagamento do Piso da Educação, além das adequações financeiras determinadas pela nova Reforma da Previdência, para aqueles municípios que têm regime próprio de previdência. “No município Presidente Olegário, estamos com as contas em dia e teremos condições de começar a pagar o Piso a partir de janeiro. Com relação à previdência, de certa forma, foi um presente de grego que nós recebemos. Em um ano eleitoral, aumentar a contribuição dos servidores é muito ruim. No meu caso, vamos ter que aumentar de 11% para 14% a contribuição dos servidores municipais”, ressaltou.

Por fim, João Carlos Castilho enalteceu a importância da união entre os municípios, convocando aqueles que não estão fazendo parte da Associação, para que se unam em prol do Alto Paranaíba. O prefeito de Presidente Olegário ainda comentou que, apesar das dificuldades em reaver os recursos do Governo do Estado em atraso, segue otimista de que, o último ano de mandato dos prefeitos, será um ano melhor em termos financeiros. “A dívida do Estado é muito grande, mas nós prefeitos, temos que estar com os pés no chão e gerir com muita responsabilidade”, disse. Ele ainda agradeceu a confiança dos demais prefeitos pela aprovação de seu nome para a presidência da Amapar, parabenizou a gestão anterior que trabalhaou pelo equilíbrio financeiro da Associação e disse que pretende dar continuidade ao bom trabalho desenvolvido.

CISPAR

O Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável do Alto Paranaíba – CISPAR também está sob nova diretoria. O mandato de Agnaldo Ferreira Silva, prefeito de Cruzeiro da Fortaleza, se encerra com saldo positivo de ações realizadas em prol dos municípios. O ex-presidente destacou a gestão financeira como um ponto definitivo para a continuidade do trabalho da nova diretoria e dos servidores ao longo do ano. “O consórcio está estruturado, sem dívidas e com um saldo em conta. Foi conjunto de ações que fez o consórcio se dar bem neste ano”.

No ano de 2019, o CISPAR se destacou na abertura de várias licitações consorciadas nas áreas de infraestrutura, educação, aquisição de medicamentos, compra de máquinas para pintura asfáltica, dentre outros. Isso possibilitou uma grande economia para os pequenos municípios da região que, coletivamente, conseguem melhores preços na aquisição de produtos e serviços essenciais à Administração Pública.

Um bom exemplo da atuação do CISPAR é o Consórcio da Iluminação Pública, que no ano de 2017, antes da contração consorciada do serviço de manutenção de iluminação pública, os municípios pagavam um valor de R$ 7,50 por ponto. Hoje com a gestão do consórcio, esse valor caiu para R$ 3,94.

O novo presidente, Adílio Alex, ressalta a força de negociação que os municípios ganham com o modelo de consorciamento. “Quando uma empresa vai vender para um pequeno município, considerando questões de deslocamento dentre outros fatores, isso reflete diretamente no preço. Mas quando ele vem atender uma população de dezoito municípios consorciados, a empresa fica mais interessada e traz um valor melhor”, explicou.

O novo presidente do CISPAR ainda pontuou como prioridade da sua gestão, a regularização dos “lixões” nos municípios da região, através de normativa da Funasa que beneficiará os municípios no cumprimento da Política de Resíduos Sólidos Urbanos, priorizando repasse de recursos orçamentários e financeiros aos consórcios públicos, para aquisição de diversos itens do setor de coleta e destinação de resíduos.

Por fim, Adílio Alex também fez um apelo aos municípios que não participam da AMAPAR – Patos de Minas, Patrocínio e Lagoa Formosa – para que retornem à Associação. “Isso vai trazer uma representatividade muito grande do Alto Paranaíba em nível estadual e federal” disse. O prefeito de Guimarânia ainda anunciou que já está em tratativas com o Deputado Federal Zé Vitor, para viabilização de uma máquina de pavimentação asfáltica para o consórcio, o que deve beneficiar os pequenos municípios na recuperação de vias urbanas com mais economia e agilidade.

DIRETORIA AMAPAR 

Presidente – João Carlos Carlos Castilho – Prefeito de Presidente Olegário

Vice- presidente: Antônio Pedro Montezuma – Prefeito de Varjão de Minas,

Diretor Administrativo: João Paulino Rodrigues Neto, Prefeito de São Gonçalo do Abaeté;

Diretor Financeiro: José Alves Filho (Zico), Prefeito de Lagamar.

CISPAR

Presidente – Adílio Alex dos Reis – Prefeito de Guimarânia

Vice-presidente – José Alves Filho (Zico) Prefeito de Lagamar

Fonte: AMAPAR


Opiniões dos leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.



Faixa atual

Título

Artista