Rodas de conversa são realizadas na UBS Olhos D’Água em decorrência do Outubro Rosa

Escrito por em 5 de novembro de 2019

Reforçando os atendimentos voltados à saúde da mulher, a Unidade Básica de Saúde (UBS) Olhos D’Água realizou neste mês diversas atividades com o auxilio da Secretaria Municipal de Saúde, entre elas, grupos de orientações e rodas de conversas discutindo os seguintes temas: prevenção e combate ao câncer de mama e colo uterino.

As atividades contaram com orientações de profissionais da área médica, enfermagem, odontologia, fisioterapia, psicologia e nutrição que atuam no município. Foram reunidas importantes ações de saúde em nesses encontros, onde foram compartilhadas informações relevantes à saúde feminina, além de conversas, dinâmicas e atividades em grupo. Todos os participantes vestiram a cor rosa, que simboliza o mês de outubro e as respectivas ações de conscientização.

Ao longo do mês também foram intensificadas ações especiais que envolvem a coleta de exames preventivos e solicitações de mamografia.

Cronograma das Ações:
– 01/10/2019: Acolhimento/Escuta de todas as mulheres que entraram na UBS em busca de atendimento;

– 08/10/2019: Roda de Terapia Comunitária Integrativa, sob a orientação da professora da Universidade Federal de Viçosa Monize.

– 15/10/2019: Roda de conversa com assunto principal sendo a mobilização universal quanto à prevenção e diagnóstico precoce dos cânceres de mama e colo de uterino, sob a orientação da enfermeira Amanda.

– 22/10/2019: Roda de conversa sob a orientação da cirurgiã dentista Talita e participação especial de pacientes com diagnósticos de câncer de mama, abrangendo à prevenção geral de todos os cânceres e os fatores que afetam diretamente a saúde bucal.

– 29/10/2019: Encerramento das ações do mês, através de dinâmica, roda de conversa, massagem auto relaxante e lanche saudável sob orientação das profissionais do NASF: Júlia (psicóloga), Helen (nutricionista) e Tatiane (fisioterapeuta).

É importante ressaltar que todas as ações tiveram a orientação principal de um profissional, mas, sem os Agentes Comunitários de Saúde, nenhuma ação seria possível, pois eles são o maior vínculo entre a UBS e todos os profissionais que ali atuam.

Fonte: ASCOM Prefeitura Municipal


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



Música

No Ar

Artista