Tamanduá-bandeira é visto andando tranquilamente pelas ruas de Rio Paranaíba

Escrito porem 14 de setembro de 2020

Um tamanduá bandeira foi visto andando tranquilamente por diversas ruas de Rio Paranaíba na manhã desta segunda-feira (14). O animal que está ameaçado de extinção também foi flagrado por câmeras de segurança tanto na Rua Capitão Franklin de Castro e Rua João Leandro ao amanhecer.

Segundo informações de um biólogo, os incêndios são a principal causa para os animais selvagens saírem em busca de alimento e água. Na nossa região, já noticiamos por diversas vezes atropelamento de animais, sendo que o último caso também foi na manhã desta segunda-feira próximo à comunidade de Palmeiras na MG 230. Ainda segundo o biólgo, possivelmente o animal foi sentido ao Parque do Zarico no centro da cidade, onde existe uma grande vegetação.

De acordo com dados da WWF, o tamanduá-bandeira está adaptado para viver em ambientes variados. Apesar de passar a maior parte do tempo no chão, ele tem habilidade para subir em árvores. Ele também pode caçar durante o dia ou a noite, dependendo da temperatura e da chuva. A espécie é encontrada em campos limpos, cerrados e florestas. Apesar de ser mais comum em áreas de cerrado, usa ambientes de floresta para repouso e abrigo, durante as horas mais quentes do dia, e utiliza os campos limpos para se alimentar quando as temperaturas estão mais amenas.

Por sua versatilidade, o tamanduá-bandeira pode ser encontrado da América Central até a América do Sul. Originalmente, ocorria em todos os estados brasileiros, mas atualmente está em risco de extinção em todas as regiões do país e já foi extinto no Rio de Janeiro e no Espírito Santo. A degradação e a redução dos habitats são apontadas como as principais causas da perda populacional da espécie, mas a caça, o atropelamento em estradas e os incêndios florestais também contribuem para colocar o tamanduá-bandeira na lista de espécies ameaçadas de extinção.

Texto: Gilberto Martins – Com informações da WWF


Faixa atual

Título

Artista