• Sem categoria

Vacinação contra a Febre Aftosa encerra nesse dia 31 de Maio

Escrito porem 13 de dezembro de 2018

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento criou o Plano Estratégico do PNEFA – Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa, para erradicar a doença e consolidar a condição sanitária no país. Contribuindo assim, com a proteção do patrimônio pecuário nacional. 

A Febre Aftosa é uma doença altamente contagiosa, que se espalha rapidamente provocando febre, aftas na boca, nas tetas e nas unhas, arrepia o pelo e tira a vontade de comer e beber.

O gado deve ser vacinado até dia 31 de maio. O vírus da Febre Aftosa é transmitido através da saliva, fezes e leite, causando assim, o isolamento e até o sacrifício do animal contaminado. É importante também a orientação de um profissional veterinário. 

A vacinação é essencial  para erradicar e prevenir a doença que pode afetar bubalinos, bovinos, avinos e suínos. Cada animal precisa receber a dose da vacina. É obrigatória a declaração de vacinação ao IMA através do site www.ima.mg.gov.br, ou pelo Sindicato Rural. 

O produtor que não vacinar o rebanho estará sujeito a  multa de 25 Unidades Fiscais do Estado de Minas Gerais por animal. E se a vacinação não for declarada, a multa será de 05 Unidades Fiscais do Estado de Minas Gerais por animal. Cerca de 218 milhões de animais serão imunizados em quase  todo o país.

Dados extraídos do site do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e do IMA


Opiniões dos leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.



Faixa atual

Título

Artista